5 sinais que precisa de mudar de hábitos alimentares

Leave a comment

zoom-sinal-de-alerta-963

 

Muitos só pensam em mudar de hábitos alimentares quando a roupa deixa de servir mas antes do botão não fechar, o corpo costuma dar sinais de que as coisas não vão bem… só que na correria do dia a dia as pessoas não se apercebem.
E muito dos nossos sintomas tem uma raiz comum: nossos hábitos alimentares. Segue uma lista de sinais que vos podem ajudar a identificar alguns problemas que  nem imaginavam que pudessem estar relacionados com alimentação.

 

 1. Está inchada (o)!

Inchaço, refluxo e azia são sinais clássicos de alguma coisa está a causar uma inflamação/ irritação. Tente identificar com qual alimento que mais sente desconforto e experimente tirá-lo por uma semana da sua infesta alimentar para ver se os sintomas melhoram.
Já o desequilíbrio bacteriano na flora intestinal, conhecido como disbiose, também é uma das causas mais comuns dos inchaço. Uma dieta pobre em nutrientes, tratamentos com antibióticos, o uso prolongado de drogas que alteram o pH do estômago (antiácidos), terapia hormonal, esteroides e uma série de outros fatores podem levar ao crescimento excessivo de bactérias nocivas e uma redução do número de boas bactérias.

 

2. Está constipado ou com diarreia.

A constipação é um sinal claro de que não está bebendo água o suficiente (mais ou menos 8 copos por dia), mas também é um sinal de que estão a faltar  fibras na sua alimentação. Já a diarreia também pode ser o resultado da ingestão inadequada de fibras. Ou até mesmo que pode ser sensível ao glúten ou a lactose.

A recomendação diária é de pelo menos 30 gramas de fibra e se acha que está ingerindo menos do que isso, uma boa dica é começar com um sumo verde todas as manhãs. Mas sem coar.

3. Você está com pouca energia.

Sabe aquele sono que bate depois do almoço e que precisa de um cafézinhozão para acordar? Pois isso é outra pista enorme de que na sua dieta pode ter excesso de hidratos e défice de proteínas, além de outros nutrientes que nos mantém com energia. Como a vitamina C, por exemplo.

Um estudo de 2012 mostrou que cerca de 150 trabalhadores de um escritório que receberam doses de vitamina C tiveram menores indíces de fadiga e menor estresse oxidativo ao longo do dia.  Ainda são necessários mais dados sobre a eficácia a longo prazo, mas este estudo sugere que uma boa fonte de vitamina C pode fornecer tanta energia quanto uma chávena de café.

4. Está com o sistema imunitário comprometido

Maus hábitos alimentares podem comprometer o nosso sistema imunitário e ser o gatilho para diversas doenças e infecções. Se costuma  estar constantemente engripado ou doente, fique atento ao que coloca no prato.
Uma ingestão adequada de vitaminas e minerais, tais como as vitaminas A, C e E, zinco, selenio, ferro e ácido fólico são fundamentais para fortalecer nossa imunidade.

 

5. Tem problemas de pele.

Problemas de pele são uma das formas mais claras do nosso corpo dizer que o que estamos a consumir não está funcionar muito bem. Alergias e intolerâncias alimentares podem causar desde olheiras, manchas, erupções cutâneas, eczemas até uma série de outros problemas de pele.
Estudos também descobriram que mais da metade das pessoas que sofrem de acne possuem alterações nas bactérias do intestino e que as sociedades que têm uma dieta mais “limpa” com poucos alimentos processados ou açucarados (ex: japoneses) praticamente não têm acne. A Rosácea também tem sido associada à inflamação e ao desequilíbrio entre as bactérias do bem no intestino. Deve comer muita fruta, legumes e beber muita água. Abacate e uvas fornecem boas doses de vitaminas do complexo B, enquanto que as laranjas e morangos são ricos em vitamina C, que ajuda a reduzir os danos dos radicais livres causados pela exposição ao sol.

Muitas pessoas gastam dinheiro em tratamentos e cremes, mas esquece que não existem milagres! Não há creme que faça o que uma boa alimentação e muiiiiita água fazem pela nossa pele.

Nutricionista Denise Gomes

 

Post introduzido por Denise Gomes

Kefir – probiótico excelente

Leave a comment

fdc986295

Já conhecem o Kefir? o Kefir é feito a partir da fermentação do leite. Seu gosto assemelha-se ao do iogurte natural, mas é pouco mais azedo e o aspecto tende a ser mais líquido do que cremoso. Esse “alimento probiótico”, é um super antioxidante, que ajuda a prevenir doenças cardíacas, cancros e sinais de envelhecimento. Diminui níveis de colesterol, problemas renais, circulatórios e até mesmo ansiedade e depressão.

A bebida pode ser misturada a frutas ou a cereais, dá para preparar smoothies, exatamente como uma bebida láctea, e muitas outras receitas. O ideal é consumir 1 copo de 200 ml por dia. Outro benefício  é que até os intolerantes à lactose podem se beneficiar do seu consumo, já que as bactérias e leveduras do kefir produzem lactase, enzima que consome a maior parte da lactose presente no leite.

O kefir contribui para manter o intestino saudável e consequentemente para um sistema imunitário mais resistente e propensão de perda de peso.

Podem saber mais sobre o kefir aqui.

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Ai a idade…

Leave a comment

ptg03588808

Com o avançar da idade vamos tendo mais queixas e mais problemas de saúde por isso é preciso pensar em tornar a alimentação funcional para responder às queixas que esta faixa etária normalmente refere em consulta e que pode ser melhorada simplesmente através de uma alimentação mais rica e equilibrada.

Dando resposta às perdas idade e evitando agravamento da algumas das queixas pode fazer uma suplementação natural, com alimentos, concentrado num só copo.

As queixas mais frequentes são:

– Dificuldade em dormir

– Tensão arterial elevada

– Dores articulares

– Colesterol elevado

– Aumento de peso

– Desmineralização óssea: Osteoporose/Osteopenia

– Falta de memória

– Depressão

– Sedentarismo e falta de energia

– Perda de massa muscular

– Cãibras

– Obstipação

– Efeitos da menopausa

(calor, rubor, gordura abdominal, irritabilidade, etc)

 

Um sumo sénior deverá fornecer:

proteína para a manutenção de tecido muscular,

colagénio para manter a firmeza dos tecido e reforçar as articulações,

minerais como magnésio, cálcio para colmatar as perdas que se manifestam em desmineralização óssea, caibras e obstipação,

Antioxidantes par evitar o envelhecimento precoce, a perda de memória e o cansaço extremo,

– infusões de folha de oliveira, pes de cereja e barbas de milho

Ácidos gordos essenciais para ajudar a baixar o colesterol e a reduzir o risco cardiovascular

– Frutas pouco doces evitando picos de glicemia (especialmente no caso de diabetes)

Nota importante:

Interação Alimento VS Medicamento

Pelo facto de existirem muitas pessoas que estão polimedicadas, é importante conhecer as interações dos seus medicamentos e se existem alimentos a evitar. Nesse caso deverá substituir ou eliminar o alimento em particular.

Refiro-me aos anticoagulantes orais por exemplo ou no caso da medicação especifica para problemas na tiróide. Dois casos, que são bastante comuns surgirem em consulta. Deverá evitar-se os verdes escuros e as bagas de goji no caso da toma de anticoagulantes e de alimentos à base de soja se medicado para a tiroide.

Sumo funcional

Ingredientes:

2 maracujás

1 rodela de abacaxi

2 folhas de alface roxa

1 folha de couve portuguesa

1/2 pepino

2-3 castanhas do Brasil

200ml de infusão de pes de cereja e barbas de milho

canela em pó a gosto

1 c sopa de sementes de cânhamo

1 colher de sopa de aveia (em farinha)

Modo de fazer:

Coloque tudo numa liquidificadora ou na bimby, bata tudo até ficar homogéneo e beba logo de seguida.

Post introduzido por Denise Gomes

Janeiro limpo

Leave a comment

wses338437-2

Como o período natalício é uma altura em que as rotinas deixam de existir, as tentações  andam um pouco por todo o lado.
O que vale é que um dia não são dias e, devemos viver as festas e também saboreadas, sem exageros e com toda a moderação! Hoje trago-vos um detox para limpar o organismo dos excessos 🙂

wses316152

Detox pós ano-novo

INGREDIENTES:

1 kiwi
1/2 laranja
4 floretes de brocolos
1 c. de café de spirulina
1c. de bagas de goji
200ml de água de coco ou infusão de hibisco

MODO DE PREPARAÇÃO:
Lave bem os ingredientes, descasque as frutas e corte os alimentos em pequenas porções. Coloque todos os ingredientes no seu liquidificador ou robot de cozinha e triture até obter uma mistura homogénea e cremosa.
Ajuste a textura ao seu gosto adicionando mais água ao resultado final.
Sirva fresco

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes