Papas de aveia com banana e avelã

Leave a comment

Ingredientes: 

  • 300ml de leite magro ou bebida vegetal
  • 45g de flocos de aveia
  • Gotas de essência baunilha
  • 1 banana pequena ou 1/2 grande
  • 1 c. de sopa de avelãs picadas
  • 1 pitada de canela em pó

Modo de preparação: 

  1. Coloque no copo da Bimby o leite, os flocos de aveia e a essência e programe por 10 minutos, à 90ºC, na velocidade 2.
  2. Depois adicione a banana e a as avelas previamente picadas e misture na velocidade 1 por 2 minutos.
  3. Polvilhe tudo com canela e está pronto a servir.

Se optar por fazer no tacho, esmague a banana com um garfo e reserve. Coloque no tacho a aveia, o leite e avelã picada; leve a cozinhar por 10 minutos em fogo médio, coloque a banana e a essência e cozinhe mais dois minutos.

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Ceia sim ou não?

Leave a comment

img_4278

Olá Nutris!! Já falei aqui da importância que os lanches têm no nosso dia alimentar. Ora, a ceia também é um lanche intermediário, neste caso um lanche da noite. Deve fazer este lanche sempre que se for deitar mais tarde ou sempre que passam  tres a três horas e meia do jantar e claro, se tiver fome.

Se tiver fome, deve comer. Ao fazer um jejum noturno muito prolongado obriga o seu corpo a degradar mais “músculo” durante o sono e a absorver mais o que comer de manhã (algo que não queremos de forma nenhuma). Por outro lado o sono será menos profundo e reparador (e já falamos aqui da importância do sono no nosso peso corporal e bem-estar geral). Se estudar à noite ou trabalhar esta refeição é essencial, já que o açúcar é o principal combustível do cérebro.

No entanto, como a esta hora o metabolismo já está muito mais lento, é fundamental que a refeição seja leve e de fácil digestão. Se passar várias horas acordado à noite, pode optar por fazer 2 ceias.

Sugiro os seguintes exemplos:

–  1 gelatina de iogurte (tipo Corpos Danone 37 kcal)

– 1 copo de leite magro morno com canela (adoro!!!)

– 1 tosta/ bolacha integral barrada com ricota + 1 infusão

– 2 rolinhos de fiambre de aves e alface + 1 infusão

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

A minha dieta

Leave a comment

img_4625

Pequeno-almoço: Um sumo detox com legumes, frutos, superalimentos e sementes; ou duas fatias de pão escuro; ou pão sem glúten queijo magro,  e café turbinado ou chá Detox NutriMais  ou de matcha.

A meio da manhã: Como tenho uma manhã muito preenchida com consultas ou aulas (sou formadora), geralmente opto por snacks rápidos e fáceis de comer, como bolachas marinheiras ou  frutos secos e um iogurte 0% .

Almoço: Não dispenso um bom prato, composto sempre por legumes ou salada, quinoa ou arroz integral ou batata doce ou leguminosas e uma fonte de proteína. Caso não tenha opção de legumes ou salada, incluo sempre uma sopa de legumes.

Lanche: A meio da tarde opto por fruta da época com frutos secos ou 2 galetes de arroz integral mais uma gelatina 0%.

Jantar: É sempre uma refeição leve, normalmente uma tigela de sopa de legumes sem batata, polvilhada com ovo cozido e umas sementes de abóbora.

Nota: pelo menos duas vezes por semana faço Detox verde ou anti-age.

De que guilty pleasures não abro mão? Ao fim-de-semana quebro um pouco estas regras e não dispenso uma boa pizza  ou um queijo de ovelha ou um hambúrguer tradicional.

e a vossa?

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Tudo o que precisa de saber sobre o pequeno-almoço

Leave a comment

image

O pequeno-almoço é a refeição importante do dia. Sim, mas porquê? Já se questionou? A Nutri explica.

Estamos sempre a ouvir esta frase e às tantas já nem damos importância porque não compreendemos o seu significado.

É importante porque:

  •  Quando acorda, A sua energia vital está na “reserva”, se não repuser vai começar a queimar músculo (catabolismo muscular) para ter energia no momento. Deve começar por tomar o pequeno-almoço na primeira meia-hora depois de levantar e não passar mais de uma hora sem comer.
  • Sair sem tomar o pequeno-almoço não deve ser  uma opção. Mesmo que vá a comer pelo caminho, no transporte, etc, sempre é melhor do que ficar sem comer até ir ao café horas depois. Mas a melhor solução é mesmo levantares-se 10 minutos mais cedo para desfrutares de um bom pequeno-almoço com tranquilidade e qualidade.
  • No primcio será difícil comer o pequeno-almoço completo mas depois  o corpo habitua-se a tomá-lo todos os dias. É normal que se passou a vida toda sem tomar pequeno-almoço que não possa começar a comer muita quantidade no primeiro dia. Tem que ir pouco a pouco, ingerindo pequenas quantidades no início da manhã para habituar o sistema digestivo a despertar contigo e a começar a trabalhar cedo. Começa com iogurte ou um batido de fruta, depois vai acrescentando outros alimentos .
  • Sempre que possível Inclua proteínas no pequeno-almoço. Os pequenos-almoços habituais não costumam incluir mais alimentos proteicos que o leite e em pouca quantidade. É importante ter um pequeno-almoço completo com hidratos para dar energia, gorduras saudáveis e proteínas para promover a manutenção da massa muscular.
  • Inclui gorduras saudáveis como ácidos gordos ómega 3 e o ácido oleico na primeira hora da manhã. Não há hora melhor para consumir  gorduras, quando ainda tem o dia todo pela frente para as queimar de forma ativa. Junte um fio de azeite às torradas ou meio abacate como fruta, inclui peixes como o salmão ou atum ou um punhado de nozes. Além disso, estes ácidos gordos ajudam a manter a saúde cardiovascular, evitam a inflamação e auxiliam a queimar gordura com mais eficiência.
  • Elimine as toxinas bebendo um copo de água morna pela manhã ou um copo de água com limão. Estimulas o funcionamento regular dos intestinos e o seu sistema natural de desintoxicação.
  • O pequeno-almoço não só não engorda como te ajuda a emagrecer. Comece  a tomar um bom pequeno-almoço, comendo um pouco de tudo e verá que não só come menos ao longo do dia, como também, além disso, queimas mais calorias quando treinas, quando andas pelo escritório, quando sobes e desces escadas… simplesmente pelo facto de que tem muito mais energia para ter uma vida ativa que o ajuda a emagrecer.
  • Se treina muito cedo e teria de sacrificar horas de sono para comer antes do esforço, procure reforçar o jantar da noite anterior e coma apenas uma fonte de hidratos de carbono de fácil digestão (exemplo: banana, flocos de aveia cozidos, batata-doce cozida ou assada) e junta algumas amêndoas, ricas em minerais e gorduras saudáveis. Durante o treino bebe 300-500ml de água por cada 30 minutos com 10 a 20g de hidratos de carbono. Faça o seu verdadeiro pequeno-almoço logo a seguir ao duche.
  • Escolha alimentos que lhe forneçam algo mais do que calorias e gorduras, inclua fibra, vitaminas e minerais e fitonutrientes das frutas e verduras e verá como se sacia mais do que com bolos e vais sentir-se  melhor ao longo do dia e em cima da balança
  • Idealmente, o pequeno-almoço deve incluir 20-25% do valor calórico da sua alimentação diária. Pode ser mais reforçado se tens um dia de trabalho duro pela frente e tens de depender de pequenos lanches, ou mais ligeiro se vai treinar de seguida e tens de reforçar mais tarde.

Nota: Se pretende perder peso, o ideal será contactar um nutricionista que elabore as suas refeições de acordo com as suas necessidades nutricionais. Pode marcar a sua consulta on-line, ao domicílio ou no consultório. Para mais informações envie e-mail para nutrimais.denise@gmail.com

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes