7 alimentos que não faltam na minha dieta

Leave a comment

7 alimentos que não faltam na dieta: 

Quem já tentou emagrecer com saúde sem contar com a orientação de profissionais sabe que o processo, além de mais de difícil, raramente se mantém. O papel de um nutricionista na hora de elaborar um plano alimentar é fundamental para evitar comprometer o bom funcionamento do corpo e o efeito iô-iô.

Conhecer o que eu e muitos nutricionistas colocam no prato é uma boa maneira de se guiar e observar quais tipos de nutrientes são importantes para a dieta.

Abacate: rico em gorduras boas, o alimento é poderosa fonte de antioxidantes e pode ser consumido com batidos, na salada ou no preparação de guacamole.

Óleo de coco: excelente fonte de gordura boa, o alimento ainda é rico em ácido caprílico e láurico, substâncias que aumentam a imunidade, e pode ser opção para garantir energia antes do treino, já que possui absorção quase que imediata.

Quinoa: proteína vegetal rica em aminoácidos essenciais, o alimento ainda é fonte de fibras e triptofano, que promove aumento da serotonina, neurotransmissor responsável pelo bem-estar. Pode ser incluído como acompanhamento no segundo prato ou em confecções culinárias como na preparação de hambúrguer. Aqui, no blogue encontra imensas receitas com este superalimento.

Hortícolas: boas fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes, são naturalmente pouco calóricos e, portanto, podem ser consumidos em abundância. Procure variar nas cores.

Azeite: rico em óleos monoinsaturados, o alimento traz saciedade e sabor para qualquer prato e, cru, pode ser incluído em todas as refeições.

Ovo: rico em colina, uma substância excelente para a saúde cerebral, o alimento possui boa concentração de nutrientes e é uma boa fonte de proteína.

Aveia: Sendo um dos hidratos de carbono complexos mais interessantes do ponto de vista nutricional, é um ótimo alimento a incluir ao pequeno-almoço e em refeições intermédias.

Contém ainda um alto teor de fibra, o que faz com que este cereal tenha uma ação reguladora do trânsito intestinal, evitando a prisão de ventre, enquanto impede a proliferação de células cancerígenas no cólon. Ainda ajuda a baixar os níveis de colesterol, ao mesmo tempo que reduz a pressão arterial.

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Pão de banana

Leave a comment

Pão de banana saudável e delicioso  usando, apenas, poucos e ingredientes saudáveis. Esta deliciosa receita pode ser feita para o pequeno-almoço ou lanches.

Ingredientes
  • 1½ chávena de banana  (cerca de 3-4 bananas)
  • 1 iogurte de aromas de banana
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 2 ovos grandes
  • 1½ chávena de farinha de trigo integral 
  • ¼ chávena de farinha de linhaça (lunhaca moída)
  • ¾ colher de chá de bicarbonato de sódio
  • ½ colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de canela
Instruções
  1. Pré-aqueça o forno a 250º.
  2. Numa tigela misture a banana, o  iogurte, o azeite e ovos.
  3. Coloque depois os ingredientes secos, colocar a farinha, farinha de linhaça, bicarbonato de sódio, sal e canela.Misture até que todos os ingredientes sejam combinados.
  4. Despeje numa forma previamente untada e coza por 55 minutos ou até que o centro é cozido. Pode verificar isso com um palito ou faca afiada.
  5. Deixe o pão Corte em 16 pedaços e sirva.

Instruções de acondicionamento
Este pão pode ser feito  e armazenado no frigorifico toda a semana ou no congelador até 3 meses. Eu recomendo embrulhar num plástico ou colocar num saco de congelação.

Informação calórica
1 porção –  Calorias: 165
Nutricionista Denise Gomes
Post introduzido por Denise Gomes

Lancheira de verão

Leave a comment

Devolver o controlo sobre as refeições, sobretudo o almoço,  é o objectivo de levar uma lancheira para o trabalho, faculdade ou escola .

Gosto de uma lancheira, que eu possa levar tudo arrumadinho, porque eu levo comida para o dia inteiro e até a mais!

Para mim é importante que a lancheira para além de gira (claro!!!!), seja térmica para manter a temperatura fresca ou refrigerada, possibilitando uma refeição protegida desses agentes externos de contaminação, inalterando sabor, cor e textura.

A minha é da 100 Alinhavos , visitem o Instagram , porque para além de lancheiras lindas e personalizadas também tem outras coisas, igualmente, fantásticas!

Com a chegada do calor as refeições querem-se frescas mas leves e nutritivas. Por isso hoje trago-vos refeições que podem trazer na vossa lancheira “de verão” 🙂

  • overnight oats (papas de aveia cruas)
  • Sandes (são um boa opção, veja aqui): recheie com de queijo cabra, rúcula e tomate ou salmão fumado, queijo philadelphia e tomate
  • Queijadinhas mexicanas: 
    • 4 tortillas de milho
    • 1 pimentão verde
    • 1 cebola roxa grande
    • 100 g de queijo cheddar
    • Sal a gosto

     Modo de preparação –

    1. Prepare um refogado com a cebola e o pimentão verde picados em quadradinhos bem pequenos e com um fio de azeite e uma pitada de sal;
    2. Depois coloque um pouco do refogado no meio de cada tortilla e adicione o queijo a gosto;
    3. Feche as queijadinhas mexicanas e leve ao forno durante 5 minutos com a temperatura em 220º C (ou deixe até derreter o queijo).

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Crianças e férias de verão

Leave a comment

 

Com as férias do verão são muitos os meninos que aumentam o peso ou começam a ter uma alimentação mais desorganizada.

A alimentação é tão importante como o sono e outras atividades, e é necessário considerar alguns conselhos úteis para que as crianças gozem de boa saúde.

Conselhos úteis:

1. Estabeleça um horário para seu filho acordar, fazer as refeições, se divertir e dormir. Planeamento é muito importante.

2. Verifique se o seu filho cumpre com todas as refeições: pequeno-almoço, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Deve-se começar o dia com um bom pequeno-almoço, baseando-se em leite ou derivados , pão ou derivados e fruta.

3. Não esqueça de hidratar o seu filho. Na praia ou na piscina, é importante que as crianças bebam muita água. A fruta também é uma fonte de hidratação, para além de ser uma fonte importante de vitaminas e minerais.

4. Os salgadinhos, refrigerantes, doces, chocolates e outros devem ser consumidos sem exageros. O consumo exagerado faz com que as crianças engordem muito durante o verão. Procure soluções menos processadas. Desembale menos e descasque mais – este é o lema.

É importante que os lanches estejam disponíveis para que eles não tenham “preguiça” de comer, como por exemplo: Prepare com antecedência palitinhos de cenoura, overnights adaptados às crianças, fruta e iogurtes. Organização é a chave.

5. A apresentação da comida também é importante. Uma comida colorida e atrativa chamará mais a atenção das crianças.

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes