Tudo o que precisa de saber sobre o pequeno-almoço

image
Leave a comment

image

O pequeno-almoço é a refeição importante do dia. Sim, mas porquê? Já se questionou? A Nutri explica.

Estamos sempre a ouvir esta frase e às tantas já nem damos importância porque não compreendemos o seu significado.

É importante porque:

  •  Quando acorda, A sua energia vital está na “reserva”, se não repuser vai começar a queimar músculo (catabolismo muscular) para ter energia no momento. Deve começar por tomar o pequeno-almoço na primeira meia-hora depois de levantar e não passar mais de uma hora sem comer.
  • Sair sem tomar o pequeno-almoço não deve ser  uma opção. Mesmo que vá a comer pelo caminho, no transporte, etc, sempre é melhor do que ficar sem comer até ir ao café horas depois. Mas a melhor solução é mesmo levantares-se 10 minutos mais cedo para desfrutares de um bom pequeno-almoço com tranquilidade e qualidade.
  • No primcio será difícil comer o pequeno-almoço completo mas depois  o corpo habitua-se a tomá-lo todos os dias. É normal que se passou a vida toda sem tomar pequeno-almoço que não possa começar a comer muita quantidade no primeiro dia. Tem que ir pouco a pouco, ingerindo pequenas quantidades no início da manhã para habituar o sistema digestivo a despertar contigo e a começar a trabalhar cedo. Começa com iogurte ou um batido de fruta, depois vai acrescentando outros alimentos .
  • Sempre que possível Inclua proteínas no pequeno-almoço. Os pequenos-almoços habituais não costumam incluir mais alimentos proteicos que o leite e em pouca quantidade. É importante ter um pequeno-almoço completo com hidratos para dar energia, gorduras saudáveis e proteínas para promover a manutenção da massa muscular.
  • Inclui gorduras saudáveis como ácidos gordos ómega 3 e o ácido oleico na primeira hora da manhã. Não há hora melhor para consumir  gorduras, quando ainda tem o dia todo pela frente para as queimar de forma ativa. Junte um fio de azeite às torradas ou meio abacate como fruta, inclui peixes como o salmão ou atum ou um punhado de nozes. Além disso, estes ácidos gordos ajudam a manter a saúde cardiovascular, evitam a inflamação e auxiliam a queimar gordura com mais eficiência.
  • Elimine as toxinas bebendo um copo de água morna pela manhã ou um copo de água com limão. Estimulas o funcionamento regular dos intestinos e o seu sistema natural de desintoxicação.
  • O pequeno-almoço não só não engorda como te ajuda a emagrecer. Comece  a tomar um bom pequeno-almoço, comendo um pouco de tudo e verá que não só come menos ao longo do dia, como também, além disso, queimas mais calorias quando treinas, quando andas pelo escritório, quando sobes e desces escadas… simplesmente pelo facto de que tem muito mais energia para ter uma vida ativa que o ajuda a emagrecer.
  • Se treina muito cedo e teria de sacrificar horas de sono para comer antes do esforço, procure reforçar o jantar da noite anterior e coma apenas uma fonte de hidratos de carbono de fácil digestão (exemplo: banana, flocos de aveia cozidos, batata-doce cozida ou assada) e junta algumas amêndoas, ricas em minerais e gorduras saudáveis. Durante o treino bebe 300-500ml de água por cada 30 minutos com 10 a 20g de hidratos de carbono. Faça o seu verdadeiro pequeno-almoço logo a seguir ao duche.
  • Escolha alimentos que lhe forneçam algo mais do que calorias e gorduras, inclua fibra, vitaminas e minerais e fitonutrientes das frutas e verduras e verá como se sacia mais do que com bolos e vais sentir-se  melhor ao longo do dia e em cima da balança
  • Idealmente, o pequeno-almoço deve incluir 20-25% do valor calórico da sua alimentação diária. Pode ser mais reforçado se tens um dia de trabalho duro pela frente e tens de depender de pequenos lanches, ou mais ligeiro se vai treinar de seguida e tens de reforçar mais tarde.

Nota: Se pretende perder peso, o ideal será contactar um nutricionista que elabore as suas refeições de acordo com as suas necessidades nutricionais. Pode marcar a sua consulta on-line, ao domicílio ou no consultório. Para mais informações envie e-mail para [email protected]

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

3 receitas de lanches com menos de 200 kcal

image
Leave a comment

image

Hoje partilho três receitas para lanche saudável fáceis com 200 calorias. A chave aqui é uma combinação de proteínas, fibras e gorduras saudáveis que pode encontrar em alimentos como as amêndoas. Esta combinação deixa-nos satisfeitos e saciados por mais tempo, mas o melhor é que fazemos tudo isto sem sacrificar o sabor 😉

PARFAIT DE IOGURTE E FRAMBOESAS

Ingredientes:
½ chávena de  iogurte grego magro
½ chabena de framboesas
20g de amêndoas moídas
Instruções:
Cubra o iogurte com as framboesas e amêndoas.

MINIAVEIA

Ingredientes:
3 colheres de chá de aveia
½ colher de sopa de manteiga de amêndoa
2 colheres de sopa de mirtilos
Instruções:
Coloque a ½ chávena de água  a ferver.
Adicione a aveia, reduza o fogo e cozinhe por 5-10 minutos, mexendo ocasionalmente.
Misture a manteiga de amêndoa e cubra com mirtilos.

PUDDING CHIA E FIGO
Ingredientes:
2 colheres de sopa de sementes de chia
¾ chavena de leite de amêndoas sem açúcar
1 Figo, aos cubos

Instruções:
Misture as sementes e leite de amêndoa chia numa tigela.
Cubra e deixe descansar no frigorífico durante a noite.
Quando estiver pronto para comer, cubra com o figo em cubos.

image

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Salada de quinoa

image
Leave a comment

image

Salada de quinoa com camarão com molho à Nutri

Ingredientes

2 chávenas (chá) de quinoa
1 chávena (chá) de abacate
1/2 chávena (chá) de pimento vermelho cortado em cubos
1 alface cortada
1 colher de sopa de salsa
30 camarões  salteados (para saltear, coloque os camarões em um pouco de azeite, mexendo até que fiquem dourados)

Molho:

4 colheres de azeite extra virgem
2 dentes de alho amassados
Sumo de 1/2 limão
Sal a gosto
Salsa  picada a gosto

Preparação:

Cozinhe a quinoa em uma panela com água (sobre em água) e sal até que fique macia. Escorra, espere arrefecer e misture com o pimentão, o abacate, a salsa e metade dos camarões. Coloque num prato a alface cortada, a mistura de quinoa e por cima disponha os camarões.

Preparação do molho

Coloque no liquidificador o alho, o sumo de limão, o sal, a salsa. Bata levemente. Acrescente o azeite aos poucos, mantendo o liquidificador ligado até formar um molho cremoso e espesso. Sirva com a salada.

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes

Doenças cardiovasculares – sabe o que são?

image
Leave a comment

image

 

O mês de maio é o mês do coração e é frequente ouvir os falar em doenças cardiovasculares. Sabem o que é? Se tem alguém na família ou se já teve sabe bem o quão grave é esta doença que afeta cada vez mais pessoas em todo o mundo.

O que são doenças cardiovasculares?

As doenças cardiovasculares (cardio = coração; vasculares = vasos sanguíneos) afetam o sistema circulatório, ou seja, o coração e os vasos sanguíneos (artérias, veias e vasos capilares). As doenças cardiovasculares (dcv) são de vários tipos, sendo as mais preocupantes a doença das artérias coronárias (artérias do coração) e a doença das artérias do cérebro. Quase todas são provocadas por aterosclerose, ou seja, pelo depósito de placas de gordura e cálcio no interior das artérias que dicultam a circulação sanguínea nos órgãos e podem mesmo chegar a impedi-la. Quando a aterosclerose aparece nas artérias coronárias, pode causar sintomas e doenças como a angina de peito, ou provocar um enfarte do miocárdio. Quando se desenvolve nas artérias do cérebro, pode originar sintomas como, por exemplo, alterações de memória, tonturas ou causar um acidente vascular cerebral (avc).

image

sabia que…

o enfarte do miocárdio e o avc são uma das principais causas de morte em portugal? pois, é verdade. Mas a situação pode ser alterada, já que estas doenças podem ser prevenidas pela adoção de um estilo de vida saudável e vigilância médica.

Nutricionista Denise Gomes

Post introduzido por Denise Gomes